Formação / Cursos
 
24IGP080 | Esgotado
A Reforma e Simplificação dos Licenciamentos, no âmbito do “RJUE” – O SIMPLEX URBANÍSTICO (DL nº 10/2024): simplificação com Inovação ou Facilitismo?
Área Temática Regimes Jurídicos/Procedimento Administrativo
Carga Horária 21 Horas
Administração Local
Data de Início 2024-03-01 Data de Fim 2024-03-13 Cronograma
Formador(a) Marcelo Delgado
Local de Realização IGAP|Rua de Belos Ares, 160
Público alvo Fiscais municipais, técnicos, funcionários municipais com responsabilidades nas matérias ligadas às diversas atividades com incidência na gestão do território que tenham interesse em aprofundar o tema.
Taxa de inscrição € 315,00
Financiamento Taxa de Inscrição - isento de IVA (Art. 9º, nº 14 do CIVA)
Observações
Data e horário das sessões1, 12 e 13 de março: das 9.30 às 13:00h e das 14:00 às 17:30h - PRESENCIAL  (no dia 29.1, o dia 15.3 foi antecipado p/ dia 13.3 | no dia 14.2, o dia 8 foi adiado para dia 12.3)

Formador: Dr Marcelo Delgado, jurista, diretor municipal de Ordenamento do Território e Desenvolvimento Económico no Município de Viseu; presidente da ATAM; formador especializado em temas da área da gestão urbanística


  • Objetivos
    • Gerais

      Pretende-se, com esta ação de formação, evidenciar as principais alterações decorrentes da recente publicação, no passado dia 8 de janeiro do corrente ano, do Dec. Lei nº 10/2024, denominado, "Simplex Urbanístico”, o qual procede à reforma e simplificação dos licenciamentos, no âmbito do urbanismos e do ordenamento do território, partindo de uma ideia central de simplificação da atividade administrativa municipal, com incidência na área de intervenção do regime jurídico da urbanização e da edificação.

      Ao longo das sessões serão abordadas, entre outras matéria, as relacionadas com a modificação do regime de controlo prévio das operações urbanísticas, sua tramitação procedimental, prazos aplicáveis e deferimento tácito, regulamentos municipais, de natureza urbanística e, ainda, o novo regime de utilização de edifícios e frações e sua tramitação procedimental.







    • Específicos
      No final do curso os formandos deverão conhecer e compreender as principais alterações decorrentes do Simplex Urbanístico no âmbito do RJUE e estar mais capacitados para a sua implementação no âmbito da gestão urbanística. 



  • Programa
    • I. Enquadramento:

      1. Contextualização da publicação e entrada em vigor do D.L. nº 10/2024, de 8 de janeiro

      2. A lógica do "Licenciamento zero” na busca contínua da eliminação de atos permissivos inúteis ou desproporcionais

      3. As medidas de simplificação na área do ambiente e de outras áreas de intervenção de aplicação transversal, consagradas no D.L. nº 11/2023, de 10 de fevereiro

      4. "Iter” legislativo até à publicação do D.L. nº 10/2024

      · Proposta de Lei nº 77/XV

      · Lei de autorização Legislativa – Lei nº 50/2023, de 28 de agosto

      · Lei nº 56/2023, de 6 de outubro - medidas no âmbito da habitação

      · Intervenção do Conselho de Ministros de 19 de outubro de 2023

      · Promulgação do diploma pelo Presidente da República

      II. Organização sistemática do D.L. nº 10/2024

      III. Objetivos estratégicos prosseguidos com a publicação e entrada em vigor do D.L. nº 10/2024

      · Simplificação administrativa

      · Desburocratização

      · Redução e ou eliminação de encargos urbanísticos

      · Eliminação de atos inúteis

      · Responsabilidade/autorresponsabilidade dos atores envolvidos nos processos de gestão urbanística

      · Eliminação de custos de contexto

      · Criação de habitação a custos acessíveis, no âmbito do programa "Mais Habitação”

      · Aumento dos solos disponíveis para a habitação

      · Redução dos custos com a criação de habitação

      · Tempos de concretização de projetos imobiliários mais reduzidos

      · Introdução de medidas de simplificação administrativa:

      - Área de urbanismo;

      - Área do ordenamento do território;

      - Em geral, em toda a atividade administrativa.

      IV. Disposições finais e transitórias

      1. Aplicação da Lei no tempo

      2. Norma revogatória

      3. Entrada em vigor do diploma

      V. Identificação das alterações legislativas introduzidas por força da entrada em vigor do D.L. 10/2024

      VI. Das alterações ao regime jurídico da urbanização e da edificação, no âmbito:

      1. Dos regulamentos urbanísticos e seu conteúdo

      2. Do controlo prévio das operações urbanísticas

      - Licença

      - Comunicação prévia

      - Operações urbanísticas isentas de controlo prévio: isenção objetiva e subjetiva

      - O regime das OU de escassa relevância urbanística

      3. Do quadro competencial para a prática de atos permissivos e o novo papel confiado aos Dirigentes Municipais

      4. Do saneamento e apreciação liminar dos pedidos e sua instrução

      5. Da desmaterialização dos procedimentos urbanísticos

      6. Da intervenção das entidades externas

      7. Do regime dos pedidos de informação prévia e sua validade

      8. Do catálogo legal de apreciação dos projetos e causas de indeferimento dos pedidos de licenciamento

      9. Da determinação dos encargos urbanísticos: cedências ao domínio Municipal

      10. Dos prazos procedimentais e de decisão administrativa e constituição legal de deferimento tácito

      11. Da execução das operações urbanísticas e dos prazos fixados para o efeito e sua possível prorrogação (prazos de execução das OU)

      12. Do novo regime de utilização de edifício ou fração

      13. Da tramitação e efeitos da comunicação prévia com prazo: objeto e instrução do novo procedimento

      14. Do regime de invalidade dos atos de gestão urbanística

      15. Dos títulos da licença e da comunicação prévia

      16. Da simplificação introduzida no âmbito da celebração negócios jurídicos tendo como objeto a transmissão de edifício ou fração

      17. Do regime de fiscalização/controlo sucessivo das operações urbanísticas

      18. Da simplificação da ocupação instrumental de espaço público de apoio à execução das operações urbanísticas - dois em um! -

      VII. Identificação das disposições aditadas ao corpo normativo do RJUE e suas implicações

      VIII. Conclusões 

  • Mais Informações
    • Recursos Pedagógicos Ligação à Internet (Por Cabo) Ligação à Internet (Wi-Fi) PC Quadro Videoprojector
    • Metodologias de Formação
      Método expositivo, interrogativo e demonstrativo, com análise de situações práticas com base na legislação em vigor 



    • Forma de Organização Presencial
    • Metodologias de Avaliação Avaliação diagnóstica (perguntas orientadas aos formandos, avaliação contínua formativa durante as sessões e de reação no final da ação (preenchimento de questionário próprio e discussão orientada grupal com a presença do formador e coordenadora pedagógica).
voltar
Contacte-nos
Rua de Belos Ares, 160, 4100-108 PORTO

Telf.: +351 226 001 312 / +351 226 005 219
Coordenadas GPS
N 41º 09' 39.4'' W -8º 38' 15.8''
Assuntos carácter geral
igap@igap.pt

Secretariado
secretaria@igap.pt

Dep. Formação
dep.form@igap.pt
Dep. Financeiro
dep.fin@igap.pt

Direção
direcao@igap.pt
Siga-nos
Facebook LinkedIn
Partilhar
Partilhar
Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Pode consultar os detalhes na nossa politica de privacidade.

Aceitar